sábado, setembro 03, 2005

Entremeando

Afinal, apresentei-me 5ª feira, mas fiquei com um fim de semana prolongado. Na minha escola as actividades (reuniões) só começam na 3ª porque ainda se está em final de obras. Não que tenha havido alguma verba adicional, claro, mas o nosso Sr. Fernando lá vai atenuando o aspecto dos pavilhões que, desde há uns 20 anos, são provisórios, com alguma pintura aqui, alguns remendos ali, e arranjando mais um espacinho acolá com um tabique a criar dois espaços num que já era reduzido.

Entretanto, mais (más) notícias na Educação, outras fora dela, nacionais e internacionais, continuam a fazer-me teimar em entremear a visão da realidade do país (e do mundo) que temos com outras visões. Outras esperanças também.
Vão-se sonhos nas asas da Descrença,
Voltam sonhos nas asas da Esperança.
(Augusto dos Anjos)

Amanhã vou vencer a preguiça de sair da cidade e vou à praia ver o mar.

Henri Moret (1905), Calm Day

Adenda
: Eu tenho a sorte (pelos muitos anos de serviço) de já não ser congelável (só quando o congelamento é de salários). Mas que raio de medida é mais esta agora de irem congelar por 3 ou 4 anos a esperança de quem ao menos esperança ia tendo de num próximo ano não ter que se despedir da família ou não fazer tantos quilómetros diários??!!!
_______________________________________________________________


Juntos,

um homem e a brisa

viram uma página


Betty Drevniok


Claude Monet (1873), Sunrise

2 comentários:

Miguel Sousa disse...

como ilhéu, não consigo passar um dia sem ver o mar....lembro-me de um ano em que dei aulas no Porto Moniz, Madeira, de parar uma aula para irmos ver um cardume de cachalotes a passar no mar....enfim coisas de professor de "ginástica"

AnaCristina disse...

Ao menos o tempo de serviço a contar era importante...
Mas agora nem isso!
Quero ver quando penso a sério num bebe??