domingo, janeiro 01, 2006

1º dia de 2006... um momento pessoal

Excepcionalmente, um escrito não profissional, sim pessoal - mas não privado, que a existência dos meus netos com uma bisavó de 93 anos é pública na minha escola, como vai ser lá público que a minha neta de 7 anos fracturou uma perna neste primeiro dia do ano, quando amanhã me perguntarem se entrei bem nele.
Acidentes destes, bem como as habituais doenças infantis, fazem parte da infância, não são graves. Obrigam é a malabarismos na organização da assistência quando, como no caso, a curta família que vive próxima trabalha - e a mãe, que não é professora ou funcionária pública para ter direito a faltar para a assistência, até não sofreria, sem esse direito formal, qualquer penalização por faltar (a empresa onde trabalha não é desumana), mas acontece que essa solução seria caótica no trabalho que dela depende.
Mas há um quarto elemento da família vivendo próximo, a bisavó de 93 anos, ainda apta para contribuir para a organização que se impõe. Por isso, hoje escrevo para deixar:

À minha mãe, a minha homenagem e o meu pedido ao novo ano de 2006 que lhe conserve a mesma saúde e as mesmas forças (que, já frágeis, são ainda notáveis para a idade) que o ano de 2005 lhe conservou.

5 comentários:

Lumife disse...

Regressei às lides blogueiras o que quer dizer ao convívio dos amigos.

Agradeço, sensibilizado, os comentários amáveis, os votos implícitos e os parabéns pelo nascimento da minha neta Carolina.

Retribuo esses gestos de amizade desejando um Feliz Ano 2006 extensivo à Família.

Irei a pouco e pouco pondo a leitura em ordem.

Abraço

Madalena disse...

Lindo, Isabel! Um beijinho para as quatro gerações!

AnaCristina disse...

O meu avô tem 92 anos e cava o seu pedaço de terra todos os dias... quando isso não acontece é porque ele deve estar doente!

Saúde à bisavó e as melhoras à bisneta...

Um abraço

maria disse...

Bom ano cheio de saúde para todos!

crack disse...

Cara Isabel, as melhoras da pequena e muita saúde e forças para a senhora sua mãe.