terça-feira, outubro 17, 2006

Hoje... apenas uma citação e um poema

___

"A educação é um processo social, é desenvolvimento. Não é a preparação para a vida, é a própria vida."
John Dewey (1859-1952)

___

Das Utopias

Se as coisas são inatingíveis... ora!
não é motivo para não querê-las.
Que tristes os caminhos, se não fora
a mágica presença das estrelas!
Mário Quintana

___

9 comentários:

eccerui disse...

E como gosto muito disto, aqui fica:
Quisera adormecer
como a criança acorda,
à beira de outro tempo, que é o nosso.

Só quero o que não posso.
Jorge de Sena

3za disse...

Só para deixar um beijinho...
Lindas as tuas escolhas... sempre.

IC disse...

Obrigada, eccerui, pelo contributo. Sinto esse poema como se ele estivesse a murmurar no fundo de mim.

Obrigada também, 3za, pelas palavras. São benévolas, exageradas, mas animam :) Beijinho retribuído!

Madalena disse...

Agradeço-te a suavidade e a beleza com que "decoras" este dia. Beijinhos

Miguel Pinto disse...

Olá Isabel... :)

IC disse...

Madalena, beijinhos também para ti :)

Olá, olá Miguel! ;)

Tit disse...

E tão precisas que são... estas palavras. As do Dewey, as do Quintana... e as tuas.
Muitos beijinhos :)

IC disse...

Tit:
As minhas palavras? Ai, pobres palavras... Nem sabes como queria era voltar à intenção inicial de memórias do ensino sobretudo da 'nossa' Matemática, nomeadamente a um dos temas que me são mais caros e de que nada se fala - os métodos de ensino-aprendizagem dessa disciplina a nível do 2º e 3º ciclos, sobretudo a começar pelos mais novos do 2º ciclo. Mas está-se numa fase muito pouco oportuna. Aliás, por isso, este cantinho anda frequentemente a 'avisar' que estou em intervalo, embora acabe sempre por não ser intervalo completo.
Muitos beijinhos também para ti :)

Tit disse...

Permite-me comentar o teu comentário ao meu comentário... ;)
É sempre oportuna a discussão os métodos de ensino-aprendizagem da Matemática. Sei bem o que queres dizer quando dizes que não é oportuna, e entendo-o. Mas venho dar-te uma forçazinha para que o continues a fazer. Precisamos dessas discussões, das tuas análises simples e concretas. Sempre com muito amor pelos alunos e pela Matemática.

Um beijinho grande e bom fim-de-semana =)