domingo, julho 01, 2007

Selecção difícil...




A Maria Lisboa nomeou-me e já lhe agradeci. Não acho nada que este cantinho mereça tal voto, mas tomo-o como um carinho.
Para verem a origem desta ideia e o respectivo regulamento, cliquem na imagem.


É difícil escolher, entre muitas maravilhas, um número tão reduzido - mesmo para mim que alargo pouco as minhas visitas na blogosfera por condicionamentos de tempo. Mas não quero deixar de corresponder ao desafio, pelo que aqui vão as minhas nomeações, por ordem alfabética.

Ao Longe os Barcos de Flores

Da crítica da Educação à Educação Crítica

outrÒÓlhar

Página em Branco *


**
_____
* Nomeio apenas esse blogue da Maria Lisboa, entre os vários dela ou em que ela colabora, porque o regulamento exige o nome de um blogue. Mas o que me leva a essa nomeação não é só esse blogue, é todo o conjunto de posts e de intervenções combativas dela na blogosfera, incluindo informações/alertas que têm contribuido para que eu, afastada do "terreno", me mantenha também alertada.

** O difícil não foi nomear, mas sim deixar alguns mais por nomear - nesta iniciativa há um regulamento, as nomeações são para enviar por mail, tive que cumprir. Mas deixo aqui ao menos a referência a mais cinco das minhas maravilhas, assim faz a dúzia, que é conta mais a meu gosto (e ainda mais seria se fosse para as duas dúzias, uma nem sequer vai dar para referir as maravilhas todas que são minhas companhias no Aragem). Também por ordem alfabética:
Madalena, Marina, Miguel, Tit, Tsiwari.

6 comentários:

Maria Lisboa disse...

Obrigada, Isabel.

Agora foste tu a deixar-me sem jeito, com esse teu elogio imerecido “à minha obra”. :)

Creio que, aqui na blogosfera, todos por nos complementamos na informação, no combate, no passa palavra... e creio, também, que algumas coisitas têm vindo a lume nos OCS como resultante da pressão exercida pelo tratamento do mesmo tema em simultâneo em diversos blogues. O caso da nossa colega Manuela Estanqueiro, creio que é um exemplo disso.
Por alguma razão eles começam a ter medo da blogosfera... Está a tornar-se “pior” do que os tambores na selva, ou que os sinais de fumo entre os indíos. E isso não os ajuda em nada.

Como tal, penso que não faço mais do que todos fazemos. Alertar, comentar, contribuir com alguma coisa de bom (quando há!).
O que talvez tenha, a mais, é, tal como tu tens, um pouco de experiência, adquirida noutros tempos, o que faz com que seja capaz de me aperceber daqueles pequenos sinais que indicam caminhos já antes trilhados (e que julgávamos esquecidos…)

Beijo

Maria Ema

PS: Fiquei contente por teres mencionado A Amélia e o J. Matias Alves porque eram dois que me tinham ficado atravessados por não caberem nas 7 que elenquei.

IC disse...

Maria

Não chames imerecido ao elogio, eu considero que é mesmo 'uma obra' a tua actividade na blogosfera - nos posts, nas caixas de comentários de outros blogues (também por outros meios de alerta).

Também penso que a blogosfera começa a incomodar, e o que acho pena é que a grande maioria dos nossos colegas ainda não tenha o hábito de a frequentar, ao menos de vez em quando, pois perde uma oportunidade que talvez fosse estimulante.

Bjinhos.

Miguel Pinto disse...

:)A blogosfera começava a dar sinais de algum enfado e eis que surge do (nada) governo pretextos para continuarmos por cá... ;) Não sei como lhes posso agradecer...

TsiWari disse...

:)***

Tit disse...

Ainda bem que o prazo foi alargado para distraidos(as) como eu! =)

Beijinho Isabel. :)

Marina disse...

IC, eu nem com o alargamento do prazo consegui chegar a tempo...

Apesar de ficar assim sem jeito com estas coisas, não podia deixar de agradecer a nomeaçao!
Ate breve!

Beijitos