quinta-feira, dezembro 22, 2011

Em jeito de votos de Natal e Novo Ano

Para todos os amigos...

Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano
Vive uma louca chamada Esperança
E ela pensa que quando todas as sirenas
Todas as buzinas
Todos os reco-recos tocarem
Atira-se
E
- ó delicioso vôo!
Ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada,
Outra vez criança...
E em torno dela indagará o povo:
- Como é teu nome, meninazinha de olhos verdes?
E ela lhes dirá
(É preciso dizer-lhes tudo de novo!)
Ela lhes dirá bem devagarinho, para que não esqueçam:
- O meu nome é ES-PE-RAN-ÇA...


[Mario Quintana; Nova Antologia Poética, 1998]

7 comentários:

tsiwari disse...

Lindo! Amo Mário Quintana...

:)***

Feliz Natal

Henrique Santos disse...

:) Tudo de bom para ti, Isabel.

desabafosdaminda disse...

muito bonito!
lindo!
espantoso!

muitos beijinhos
Arminda

Miguel Pinto disse...

Um bom Natal, Isabel. :)

Existente Instante disse...

Isabel, neste mundo da blogosfera, perdi tantos pela aridez deserto de ideias, pelo trocar do caminhar pelo pseudo oásis do lugar comum, mas mantive os inevitáveis peregrinos, os sedentos inquietos.
Tu, que eu nem conheço pessoalmente, o teu blogue, o rasto que deixas, guardo água viva de reserva de ternura. Estamos, ficaremos, este e outros Natais!
Um Bj e sorrio-te com ternura quente e crepitante de lareira interior acesa.

IC disse...

Obrigada a todos.

tsiwari :)Feliz Natal *****

Henrique, tudo de bom para ti também!

Arminda, feliz Natal para vocês! Beijinhos e saudades :)

Miguel, feliz Natal... um momento para interromper a luta e viver a alegria familiar :))

IC disse...

E.I., sinto-me pequenina, este blogue é um cantinho quase escondido onde a escrita não é brilhante, ao contário da tua. Mas sinto-me feliz e gratificada pela ternura que sempre me tens manifestado.
Sim, estamos neste Natal nesta blogosfera maioritáriamente árida, e espero poder estar ainda noutros Natais.
Um Bj sorridente e grato.