segunda-feira, setembro 14, 2009

Regresso (mas devagarinho...)

Depois das minhas férias na praia, continuei em férias não só do meu blogue, mas de toda a blogosfera que frequento. De tudo precisamos de vez em quando de férias.

E este meu regresso vai ser ainda muito devagarinho, pois o clima político, mais ainda agora que começaram as campanhas eleitorais, não é propício aos motivos e conteúdos deste meu blogue.
Não é que não me interesse muito por política geral (pelo contrário, acompanho-a atentamente, interessada mesmo que desgostosa), mas simplesmente porque este blogue não foi pensado para isso. Ele foi criado pensando nos alunos, não em ebstracto, mas como seres concretos, cada um único, pensando na Educação e no Ensino lá no terreno, lá mesmo dentro de cada escola, pensando também no seu futuro quer pessoal, quer como cidadãos de cuja qualidade de formação tanto depende o futuro e o progresso do nosso país - o país em que viverão quando adultos e que progredirá ou permanecerá na mediocridade consoante a formação dos actuais jovens. Daí que também a política educativa é decisiva, por isso ela esteve muito presente neste blogue.
Mas, neste momento a política educativa está estagnada, num tempo de espera até ao futuro Governo no seu todo e, em particular, na decisão de quem será o próximo titular da pasta da Educação. Neste âmbto, o tempo até Outubro é um tempo de espera e um tempo parado no que respeita aos conteúdos deste blogue, que incluem a política para a Educação. E eu, como não farei aqui "campanha eleitoral", e nunca votei no PS e muito menos votaria alguma vez em partidos à sua direita (tenho a minha opção desde sempre), estou num momento em que não são oportunos os temas próprios do meu blogue.
Por tudo isto, o meu regresso por enquanto será para postagens e visitas a blogues espaçadas, pondo aqui apenas coisinhas soltas, abstidas da política ( a qual, aliás, mais que nunca me desgosta pois não vejo políticos elegíveis - sabemos com realismo que só há duas alternativas - que estejam à altura das responsabilidades, competência e seriedade de que o país necessita, e que me dêem confiança em que porão a preocupação pelo futuro deste e pelos problemas sociais acima dos seus interesses partidários ou de poder).

A terminar esta minha introdução ao meu (semi)regresso, deixo um trabalho no Scratch com que andei entretida ultimamente - trabalho que não foi nada fácil para mim que ainda pouco mais sou do que iniciante nesse programa.

Clicar na imagem para ver, e pôr o som alto

5 comentários:

3za disse...

:) :)
Já o comentei em vários ecantos... :) Lindo!
Beijinhos

3za disse...

ecantos = recantos ... :o)

Isabel Preto disse...

Benvinda, Isabel.
Adorei "Le temps des Fleurs!"
Simplesmente, maravilhoso e de uma rara beleza.
Ainda bem que conto com tantas pessoas, para me dar sugestões. Bem preciso este ano, com Percursos Alternativos...

Isabel Preto disse...

Olá Querida:
para saber logo das postagens, vejo na barra dos blogues adicionados ao lado. Do lado direito da minha página, estão os blogues que sigo. Lá aparece há quantos minutos, horas ou dias foi a postagem...Não sei bem como porque apenas adicionei os blogues e isso aparece.
Se tiveres dúvidas, a Teresa sabe tudo:)
Beijinhos.

Fátima André disse...

Bom regresso!
Não há pressa(s)... com calma podemos saborear melhor tudo o que a vida contém.
Beijinhos :)