segunda-feira, dezembro 20, 2010

Votos de Natal para os meus amigos

Um Natal com Alegria e um 2011 com muitas felicidades pessoais e familiares e melhor do que 2010 no que respeita às preocupações políticas e sociais, nomeadamente na Educação.

(Desculpem não pôr um post "enfeitado", mas é a primeira vez que não fiz uma grande árvore de Natal cá em casa (nem grande, nem pequena) devido à saúde muito débil da minha mãe, apenas iremos fazer-lhe companhia na sua casinha, tanto quanto o seu alheamento ainda pode apreciar)

5 comentários:

Uma PROFESSORA apaixonada.... disse...

Eu não entendo o porque da grandiosidade da data, se a comemoração é o nascimento de Cristo e ele nasceu numa manjedoura... O verdadeiro espírito de natal está durante o ano todo, em todas as nossas atitudes. Estar ao lado da tua mãe, não há coisa melhor do mundo. A minha estará apenas dentro do meu coração. Curta cada momento.... e proporcione a ela momentos de muitos sorrisos...
Beijos grandes,
Lu

Amélia disse...

Subscrevo inteiamente o que diz a Lu e espero que a sua grande árvore de natal -a sua mãe- possa ainda melhorar.A minha já se me foi há quase 30 anos.
Beijos

Isabel Preto disse...

É nesse carinho, que vais dar à tua mãe que está o espírito de Natal. Que no sapatinho tenhas tudo o que precisas, para ser feliz em 2011.
Adoro-te, pois sem te conhecer pessoalmente, fazes parte da minha vida e estás a meu lado, sempre que preciso de uma amiga verdadeira.
Beijos

IC disse...

Lu, concordo absolutamente que o verdadeiro espírito de natal está (deveria estar) nas nossas atitudes durante o ano e, pessoalmente, não gosto desta quadra que se tornou (pelo menos cá em Portugal) num momento de consumismo e de excesso de prendas para as crianças. Mas as crianças encantam-se com o Natal, a minha grande árvore era para elas, primeiro filhas, depois netos, e a minha mãe gostava muito desse dia.
obrigada. Beijos grandes.

Amélia, digo o mesmo que disse à Lu. Muito obrigada, mesmo que a minha mãe não possa melhorar, que permaneça como está, pois não está em sofrimento.
Beijos.

Isabel, as tuas palavras aquecem-me, és também para mim uma grande amiga. Às vezes não faz diferença não ter havido oportumidade de nos vermos cara a cara, como acontece com a Amélia, e então com a Lu seria difícil, lá tão longe no Brasil. Eu conheço-te a ti e às tuas princesas lindas :)
Beijos para as três.

3za disse...

Querida Isabel

Compreendo-te bem... e este ano assumimos de vez que haveria apenas prendas para os pequeninos e os grandes disfrutariam do mais importante: o encontro... a oportunidade de encontro entre todos que é que o Natal significa para nós.
Desejo que a tua Mãe se restabeleça e que as Festas se passem com carinho e ternura, antevendo um ano que teremos de burilar se o desejarmos melhor...
Muitos beijinhos