sexta-feira, julho 02, 2010

Pesadelo

Tenho estado, ultimamente, silenciosa sobre a política educativa. Mas eu conheci bem alguns efeitos já então nefastos da criação dos agrupamentos de escolas do Ensino Básico.
O projecto actual da criação dos mega-agrupamentos parece um pesadelo. Parece... Não, é mesmo um pesadelo, nomeadamente para quem dedicou tanto da sua vida à Escola Pública.
Desiludida, muito triste perante o que será uma certidão de óbito para a Escola Pública, ou, pelo menos, uma passagem desta a estado de moribunda cujo tempo de reanimação será imprevisível, de tão longo, nem consigo escrever. Remeto os eventuais leitores para os tristes alertas do JMA, linkando apenas dois deles para quem preferir textos curtinhos: "Mega-agrupamento - Declarações de Óbito?", "Megas e a dinâmica do caos"

2 comentários:

arte por um canudo disse...

Pois é Isabel. É pena que a educação ande a reboque do poder económico. Para se poupar uns "tostões" sacrificam-se as crianças e a escola.

Matilde Rebelo disse...

Olá Isabel. Pois não sei o que se passa. Parece que anda tudo doido. Agrupa-se o que não se pode agrupar e gasta-se no que, aos nossos olhos de meros cidadãos - aqueles de que é feito o país, diga-se! - poderia ser reduzido. Enfim, IC...

Um beijinho, e espero que ande tudo bem contigo! ;)
Matilde